quinta-feira, 31 de julho de 2008

O charme acima de qualquer suspeita

"To Catch a Thief" (1955) de Alfred Hitchcock

"Charade" (1963) de Stanley Donen

3 comentários:

Rui Luís Lima disse...

Na verdade estes dois filmes são bem o exemplo do charme e talento de Grace Kelly e Audrey Hepburn, por sinal ambas acompanhadas por esse enorme actor chamado Cary Grant. Se "Ladrão de Casaca" é mais que famoso, já "Charade" do pouco recordado Donen é outra excelente comédia de enganos, os famosos selos. Jonathan Demmme fez um "remake" excelente do filme de Donen.
Abraço cinéfilo
Rui Luis Lima

Luís Mendonça disse...

Rui, como se chama esse remake?

É que o Demme tem jeito para remakes: lembrando "The Manchurian Candidate"...

Curiosamente, o charme a que me refiro é do Cary Grant. Nos dois filmes, essas duas divindades - Kelly e Hepburn - apaixonam-se por um homem que pode ser um ladrão ("To Catch a Thief") e/ou mesmo um assassino ("Charade"), mas o seu charame supera a suspeita que sobre ele recai e elas acabam por se render a ele, independentemente da "verdade".

Abraço!

Paulo disse...

Luis, acho posso responder pelo Rui. O remake de Charade é o "The Truth About Charlie" e, na altura, foi até um pouco mal recebido. Entre nós, saiu directamente em DVD. Tem Mark Wahlberg e Thandie Newton nos principais papéis... não são bem Grant e Hepburn...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...