domingo, 5 de setembro de 2010

Aquele olhar

"Bonjour Tristesse" (1958) de Otto Preminger

"La prima notte di quiete"/"Outono Escaldante" (1972) de Valerio Zurlini

(É oficial: eu sou uma besta. Disse que Preminger era o realizador das mulheres bonitas e depois levei com uma chapadona do Zurlini, um dos maiores realizadores que conheço do século passado - e, quase de certeza, o melhor italiano pós-neo-realismo. Ele é, obviamente, "o" realizador das mulheres bonitas. É comparar Sonia Petrovna a Eleonora Rossi Drago ou a Claudia Cardinale e passar noites em claro a tentar apurar, com algum grau de "cientificidade", qual a mais perfeita! E, já agora, façam o mesmo com os filmes que protagonizam. Ninguém, ninguém, sem ser o Zurlini, poderia filmar esta cena e conseguir aprimorá-la, depois, aqui.)

3 comentários:

Sabrina Marques. disse...

" Wider baby smiling you just made a million
Fuses pumping live heat twisting out on a wire
Take one last glimpse into the night I'm touching close I'm holding bright, holding tight
Give me shudders in a whisper take me up till I'm shooting a star
Girls on film (she's more than a lady), girls on film."

Duran Duran, 1981


:P

Luís Mendonça disse...

:) quem diria que Duran Duran caberiam neste post. Viva o cinema!

Sabrina Marques. disse...

Ora, viva!

( Há toda uma magia nos Duran Duran por descobrir! )

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...