segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Quem é este homem? O que é o cinema?

"Professione: reporter" (1975) de Michelangelo Antonioni

"Close-Up" (1990) de Abbas Kiarostami

4 comentários:

Carlos Pereira disse...

Duas obras-primas sobre a identidade.

Luís Mendonça disse...

E, acrescento, sobre o cinema. Não será essa a maior questão da sétima arte: o que é verdade e o que é mentira; o real e o encenado; a ficção e o documentário? O dilema que acomete o protagonista de "Close-Up" - quem é ele? um iraniano anónimo ou um famoso realizador de cinema? - é semelhante à interrogação que pauta a viagem "sem destino" (como o aerossol que rola no filme de Kiarostami) de Jack Nicholson em "The Passenger". Mas onde está o cinema no filme de Antonioni? Naquele magistral plano-sequência final: uma mentira para os sentidos. Estou em crer que é nesse paradoxo - a verdade e a mentira - que se faz o cinema. E, ulteriormente, a própria vida.

Luís disse...

A simplicidade e a apurada geometria dos planos do Antonionni deixam-me sempre banzado.

abraço cinéfilo

Wendell Borges disse...

Close-up é um filme extraordinário. Daqueles que emocionam e nos faz repensar a ficção, o real e o fictício na arte.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...