quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Programação de cinema na RTP2 (XIII)


Neste país de treinadores de bancada, dos bitaites, do "politicamente correcto", do "a minha vida não é isto", dos boys e do bota abaixo, é interessante ver como nenhum dos ilustres votantes das opções "suficiente" ou "boa" da sondagem colocada à direita (ainda activa e à espera de mais votos) expressou os seus argumentos em qualquer um dos posts que já dediquei ao assunto "cinema na RTP2". (E, já me interrogo, se calhar se expressassem não sairia coisa muito melhor do que isto...)

Já sem esperança, lanço de novo o desafio: aos que não concordam com o que tenho dito até aqui, pergunto-vos por que consideram "suficiente" ou "boa" a programação de cinema da RTP2. E deixo outro desafio: olhando para a sessão dupla desta semana, "Tess" de Polanski (que passou há pouco tempo no mesmo canal) e "Deus Sabe Quanto Amei" de Vincente Minnelli, queria saber junto de tão sapientes votantes e leitores qual a lógica (fora a da batata) deste double bill.

1 comentário:

Rui Luís Lima disse...

Caro Luís Campino
A RTP2 em tempos que já lá vão, amou o cinema quando criou a rubrica cinco noites filmes, fazendo ciclos semanais por realizadores, géneros e cinematografias, obtendo um excelente share nas audiências, mas como retirava share ao primeiro canal, aquilo teve que terminar.
Curiosamente a primeira vez que tive a oportunidade de descobrir este tipo e ciclos foi nos meus tempos e estudante, meados de 70 na sala do Palacio Foz.
Hoje em dia a programação de cinema da RTP-2, segundo a minha opinião, não possui qualquer tipo de critérios, são filmes avulsos simplesmente.
Abraço cinéfilo
Rui Luís Lima

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...