domingo, 27 de janeiro de 2013

A Angústia do Blogger Cinéfilo (V): o grande vencedor

Still de "The Freshman" (1925) de Fred C. Newmeyer e Sam Taylor (Ah, mas isso é uma cena de râguebi! Não é nada, é o moche que aconteceu logo após o último apito do árbitro, no jogo da grande final cine-futebolística!)

Final intensa, o jogo mais assistido na história do torneio!, que termina com um resultado expressivo da "equipa sensação" desta segunda edição da Angústia do Blogger Cinéfilo no Momento do Penalty: o Dial P for Popcorn.

O seu losango ofensivo produziu mais efeito que o da equipa adversária: Todd Haynes - Almodóvar - Terry Gilliam - PT Anderson deram uma lição de bola a David Lynch - Tarantino - Kusturica - Scorsese. A defesa ultra-premiada do Dial P for Popcorn também terá sido mais eficaz que a do Caminho Largo, onde a experiência e "classe internacional" da dupla de centrais, Polanski-Cronenberg, não teve o cinismo da duríssima dupla Haneke-Trier. Soderbergh, normalmente irrequieto, teve uma exibição muito mais descansada que Miyazaki, homem habituado a outros ritmos.

Está assim encontrado o grande vencedor, que fica assim responsável pela (re)organização do torneio dentro de um ano. O CINEdrio, como competidor e clube anfitrião da competição, dá os parabéns ao grande vencedor Dial P for Popcorn.

Quero agradecer a todos os concorrentes desta edição - foram grandes desportistas! - e a todos os votantes - o melhor décimo segundo jogador/autor do mundo!

Em breve, a votação do "onze ideal" da blogosfera cinéfila.

5 comentários:

Jorge Teixeira disse...

Parabéns ao vencedor, e parabéns ao organizador deste excelente torneio - que a Angústia dure por muitos mais anos!

Cumprimentos,
Jorge Teixeira
Caminho Largo

Luís Mendonça disse...

Obrigado, parabéns a ti e ao Caminho Largo - e ao míster Ozu - pela luta até ao fim!

Arm Paulo Fer disse...

Parabéns para o vencedor Dial P for Popcorn!
E também para todas as "equipas" da prova.

JPC disse...

Falaram-me desta brincadeira e vim espreitar. A ideia é muito interessante, mas não percebo um grupo de cinéfilos que leva Kusturicas, Andersons, Tarantinos e Triers à final.
Cumprimentos,
JPC

Jorge Rodrigues disse...


Em retrospectiva, faltou-me cá agradecer ao pessoal todo por ter dado parabéns!

É um título que é de todos ;)

Abraço e obrigado!


JPC -- A regra era simples, só podiam ser escolhidos realizadores em actividade E só em caso excepcional repetir. Daí ter chegado alguns realizadores menos consensuais a fases avançadas da competição. Criticar por criticar, fica mal...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...